11/12/2020

Conheça a história de Nossa Senhora de Guadalupe

No dia 12 de dezembro que celebramos a Memória Litúrgica de uma impressionante aparição da Santíssima Virgem Maria. Sob o título de Nossa Senhora de Guadalupe, a Mãe de Deus mais uma vez traz sua mensagem do Céu.

 

Foi em um sábado, no ano de 1531 que Nossa Senhora apareceu a primeira vez a um indígena convertido chamado São Juan Diego. Juan caminhava de seu vilarejo até a capital do México para participar da Santa Missa quando foi surpreendido pela mais bela e santa das mulheres: a Virgem Maria, trajada com vestes próprias da cultura local. Ela lhe chamava dizendo com amor: “Joãozinho, João Dieguito”, “o mais humilde de meus filhos”, “meu filho caçula”, “meu queridinho”.

 

Nossa Senhora pediu que Juan fosse até o Bispo e suplicasse para que ele construísse naquele local uma Igreja para à honra de Jesus. Obediente, São Juan Diego foi até o Bispo, este por prudência, disse que para acatar o pedido seria necessário um sinal de Nossa Senhora.

 

Foi somente na terceira aparição que Nossa Senhora lhe concedeu o sinal. Mas, aconteceu que, no dia e hora que a Virgem havia combinado com São Juan Diego, o indígena convertido não compareceu, pois, preocupado com o tio doente, ele foi em busca de um sacerdote. Apesar de ter mudado a rota para não se encontrar com Nossa Senhora, isso não a impediu de ir até ele. Com seu amor maternal, a Virgem Maria acalmou o pobre índio dizendo: “Escute, meu filho, não há nada que temer, não fique preocupado nem assustado; não tema esta doença, nem outro qualquer dissabor ou aflição. Não estou eu aqui, a seu lado? Eu sou a sua Mãe dadivosa. Acaso não o escolhi para mim e o tomei aos meus cuidados? Que deseja mais do que isto? Não permita que nada o aflija e o perturbe. Quanto à doença do seu tio, ela não é mortal. Eu lhe peço, acredite agora mesmo, porque ele já está curado”.

 

Depois, ela pediu que o índio colhesse flores no alto da colina Tepeyac. Estava muito frio, e devido ao clima, não nasciam flores lá, mas, São Juan Diego encontrou lindas flores mesmo assim. Ele as colheu, colocou em seu manto e levou-as até o Bispo.

 

Quando Juan Diego abriu então o seu manto, enquanto as flores caiam se podia ver estampada a bela imagem de Nossa Senhora de Guadalupe.

 

Desde então a imagem é venerada no México e através dela muitas pessoas alcançaram inúmeros milagres e conversões. A Imagem de Guadalupe é um verdadeiro desafio para a ciência, que nunca conseguiu explica-la. Nem mesmo atentados com bomba e ácido foram capazes de ao menos ferir a miraculosa imagem de Nossa Senhora de Guadalupe!

 

Nossa Senhora de Guadalupe, rogai por nós!